Como Importar Roupas de Marca Baratas e Ganhar Dinheiro


É impressionante como as pessoas acostumaram a comprar fora do Brasil, mesmo com o dólar alto e com toda burocracia que o nosso governo impõe, as importações estão em alta e as pessoas não param de comprar e economizar e ganhar dinheiro com encomendas de roupas importadas todos os dias.

Você já percebeu que a maior dificuldade que as pessoas têm em importar e ganhar dinheiro está relacionada à sua forma de pensar?

Diversas pessoas pensam, assim como eu achava também, que somente os grandes empresários conseguiam ter lucros absurdos. A verdade é que vários pequenos empreendedores faturam alto com importação, mesmo sem ter os holofotes apontados para eles.

Eu sei e você também sabe que é muito difícil encontrar um negócio altamente rentável como é o mercado de importação, um negócio que permiti você faturar mais de 50% de lucro em suas encomendas. É praticamente impossível e inimaginável pensar que há algo que renda mais do que isso, principalmente no universo online.

Outra coisa que nós já sabemos, e eu entendo perfeitamente, é que várias pessoas simplesmente deixam de acreditar nos negócios online porque as promessas são sempre muito grandes e o retorno é bem pequeno. Mas pensa um pouco comigo…

Em um empreendimento físico antes de um produto chegar ao cliente final, as empresas chegam a ter lucros de cerca de 10% sobre os produtos. Imagina ter todo o trabalho de produção, pagar os funcionários, planejar uma estratégia de marketing para ter só 10% de lucro. Sem contar que o preço do produto tem que ser muito competitivo. Isso significa que tem que estar mais barato do que os outros.

Como Importar Roupas de Marca Baratas e o Mercado Atual

Em uma pesquisa foi recentemente revelou que cerca de 80% das empresas fecham suas portas em menos de 3 anos de vida

Essa pesquisa americana verificou e em suas analises confirmou que 80% das empresas físicas abertas, fecham suas portas em menos de 3 anos. Aquelas que continuam abertas têm pelo menos 50% de chances de falirem ou de não terem nenhum resultado. Por outro lado, os negócios online são 10 vezes mais estáveis e tem poucas chances de fracasso total, já que o investimento é bem baixo e o número de funcionários é muito reduzido, quando não é somente 1, você.

Nessa mesma pesquisa, os especialistas ainda sugerem duas coisas:

  • Que o empreendedor estude muito bem o mercado e analise todas as possibilidades antes de entrar, caso tenha interesse em um negócio físico.
  • Que em caso de dúvida, opte sempre por negócios online, pois são mais vantajosos para quem está começando.
  • Observe bem o funcionamento dos negócios online

Por que eu te falo isso? Porque eu sempre quis ter um negócio próprio, essas dificuldades me impediam. Em todo lugar as pessoas reclamavam que o lucro de um negócio físico era muito baixo e diziam que não estavam dando conta de pagar os impostos. Alguns, para me desanimar, falavam do alto custo para iniciar. Eu estava duro! Não tinha grana, mas tinha muita vontade de empreender.

Felizmente, tudo o que essas pessoas falavam era verdade. Pesquisei diversos negócios físicos e não encontrei um que rendesse o suficiente para eu manter um padrão de vida bom. Pelo menos, não sem eu ter que me matar de trabalhar (12 horas por dia, 7 dias por semana).

No ano passado fui a um evento de marketing digital com duração de três dias e conheci o Filipe Barcelos. Ele me apresentou um treinamento que havia acabado de lançar, onde explicava algumas técnicas de como importar roupas de marca baratas e revender com mais de 70% de lucro. No princípio fiquei com receio: “Conheci o cara hoje. Não vou comprar o curso dele só por pressão.” Eu tinha certeza que ele não me convenceria. Estava certo disso, pelo menos até o final do primeiro dia.

No segundo dia, para minha surpresa, o Filipe Barcelos abriu o jogo completamente comigo. Ele me mostrou as principais roupas que importava e como fazia para vender tanto. Fiquei tão impressionado com tudo o que vi que acabei comprando o treinamento. Ele venceu minha resistência.

Um dia depois do evento resolvi testar as técnicas que ele ensinava e fiz minha primeira importação. Foi algo muito difícil, afinal nunca havia comprado nada de fora do Brasil, mas ao mesmo tempo foi prazeroso, pois eu tinha superado o meu medo e receio. Eu tinha vencido minha dificuldade.

O resultado disso… Os produtos levaram pouco mais de 30 dias para chegar. Nesse tempo eu criei uma espécie de loja virtual (em cerca de três dias). Quando os produtos chegaram, estava quase tudo vendido. Esse foi o primeiro dia da minha nova vida, agora como empreendedor digital.

Você deve estar curioso para saber quanto eu faturei no meu primeiro mês, não é verdade? Bom, não vou falar exatamente o valor, mas foram mais de 5 dígitos.

Uma vida com estabilidade pode não ser a ideal

Esse artigo teve o objetivo único de te mostrar que de como importar roupas de marca baratas e produtos de marca, não só é possível como é extremamente fácil. Muitas pessoas se ferram diariamente, trabalhando em empregos “estáveis” e ganhando salários extremamente baixos, pois não sabem ou não acreditam que é possível ter resultados tão impressionantes como os resultados gerados pelo treinamento do Filipe Barcelos.

Hoje o Filipe Barcelos faz e ensina a fazer, mas um dia ele leu o que eu estou escrevendo para você. Com certeza alguém deu um “choque de ânimo” nele e o fez pensar que era possível de verdade. O resultado foi um treinamento incrível, com pessoas relatando diariamente ganhos de mais de 10 mil reais por mês.

Só isso já seria suficiente para você pensar nesse tipo de oportunidade de negócio. Mas, antes de me despedir, quero deixar o último pensamento:

Se tanta gente fatura alto com importação de roupas, por que você não pode faturar também? O tempo está passando e o que você está fazendo para faturar alto?

Antes de finalizar, quero recomendar o curso do Filipe Barcelos. Espero muito que você goste e lembre-se de mim quando estiver faturando seus 10 mil reais também.

botao importação



[Total: 0    Média: 0/5]

Este post tem um comentário

  1. Olá, estou muito interessado no ramo da importação. Realmente pode ser uma mais valia. Gostei bastante.
    Parabéns
    Américo Silva

Deixe uma resposta

Fechar Menu